CRISTAIS

 

 

Tópicos:

 

- O significado das pedras

- Limpeza das pedras

- Carregar e ativar cristais

 

O SIGNIFICADO DAS PEDRAS

 

O Tratamento pelas Cores

 

Cromoterapia é a ciência que utiliza as cores do espectro solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo atingidas por alguma disfunção.

Os elementos específicos que a Cromoterapia utiliza são as sete cores que compõem o espectro solar: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta e suas vibrações magnéticas. Estas cores atuam na Aura e nos sete Chakras Principais, pois cada cor corresponde a um chakra específico  e este, a um centro energético exercendo influência sobre órgãos do corpo humano e principalmente sobre as glândulas.

Os estados depressivos, choques emocionais, insegurança, ansiedade, o stress, provocam um desequilíbrio psicoenergético nos diversos órgãos do corpo humano, redundando na diminuição do grau de resistência ou defesa desses órgãos; tornando-os mais suscetíveis ao ataque de fungos, vírus e micróbios.

A aplicação das cores tem como finalidade suprir as carências de determinadas vibrações energéticas no corpo e neutralizar o excesso de outras. A cor envia ao campo celular a energia luminosa do mesmo matiz da sua vibração original, reativando a freqüência das células e, por conseguinte, do órgão ou sistema em disfunção.

A vibração da cor pode ser introduzida no corpo também através de "alimentos", "água solarizada", "luz solar", "respiração" e "meditação", "visualização de cores", "roupas", "ambientes", "pedras", "cristais" e "som".   Em qualquer que seja o método escolhido, devemos sempre ter consciência da cor que estamos trabalhando. Isso ajudará o processo de absorção pelos corpos físico e sutil, facilitando a harmonização.

 

A saúde nada mais é do que o "equilíbrio harmônico celular do corpo".

LIMPEZA DAS PEDRAS

 

Os cristais são formas distintas e variadas de energia trazida para a dimensão da matéria. Cada cristal tem qualidades únicas que vem da forma como ele se desenvolveu. Nesse sentido, uma mesma qualidade de gema pode ter atributos mais ou menos fortes. Um quartzo transparente totalmente polido, por exemplo, não tem a mesma energia do que um quartzo bruto.

Devemos ter uma atenção especial deve ser dada ao cristal que escolhemos, independente da função para qual vamos lhe destinar. Devemos limpá-los e recarregá-los de tempos em tempos e muito mais se forem utilizados constantemente.

Uma das formas mais simples de limparmos nossos cristais é colocá-los numa solução de água e sal grosso por toda uma noite. No dia seguinte lavamos em água corrente e deixamos ao sol por, no mínimo, duas horas. Simples e eficiente!

Para essa forma de limpeza há uma exceção:a hematita, que por ser feita de minério de ferro deve ser limpa deixando-a na terra de um dia para o outro.

Existe uma maneira também bastante utilizada e eficaz. Pegue uma vareta acesa de incenso e lentamente vá passando a fumaça pelo cristal, mentalizando sua limpeza. Os incensos mais indicados, neste caso, são os de sândalo, mirra e cânfora, embora o de sua preferência possa também efetuar uma boa limpeza.

Uma outra forma é mentalizar uma luz branca, ou violeta e sopre seu cristal, com a clara intenção de limpá-lo e de tirar toda energia negativa.

Inspire luz branca e/ou violeta e expire pela boca sobre o cristal.

 

ENERGIZAÇÃO

( recarregando seu cristal)


Sol
Deixe seu cristal após Ter sido lavado e limpo, diretamente na luz do sol, de preferência na parte da manhã até ao meio-dia.
Lua
Se quiser energizar seu cristal com energia mais feminina, mais intuitiva, deixe o cristal diretamente exposto à luz do lua na lua crescente ou cheia, durante a noite toda.
Sol e Lua
Coloque seu cristal exposto à luz durante toda noite e depois, ao sol até ao meio-dia. É um tipo de energização bastante forte.
Terra
Como os cristais provêm da terra, também se energizam em contato com este elemento. Para isto, basta enterrá-lo por um período mínimo de 3 horas e máximo de 24 horas.
Tempestade
Outra forma poderosa de energizar seu cristal é esperar a formação de uma tempestade, com bastante vento , chuva, raios e trovões e colocá-lo exposto a esta energia.
Energização com as Mãos
Coloque seu cristal entre suas mãos e gire-o até esquentar, mentalizando passagem de energia de suas mãos para o cristal. Utilize também o método do sopro juntamente com este.

* Como escolher seu cristal *


Dizem que não escolhemos nosso cristal, mas ele nos escolhe! Claro que concordamos com esse principio da atração mas devemos saber qual a finalidade para a qual vamos utilizá-lo.
Se for para o reequilíbrio energético e físico devemos seguir os princípios da cristalterapia. Adiante temos uma lista com os 52 cristais mais utilizados, onde poderá ter uma boa base de orientação.
Ainda poderá seguir o princípio astrológico onde para cada signo há um cristal indicado.
Veja a seguir:

Principais cristais dos signos


Áries: jaspe, topázio, granada, ágata de fogo, hematita, quartzo branco, ametista cristal leitoso.
Touro: quartzo rosa, esmeralda, topázio, aquamarina, coral, amazonita, quartzo branco, ametista.
Gêmeos: citrino, olho de tigre, ágata, coral, topázio,  quartzo branco, ametista, hematita.
Câncer: quartzo cristal, quartzo fumê, quartzo verde, jade, aventurina, pedra da lua, opala, quartzo branco, esmeralda, ametista.
Leão: cristal, ágata, jaspe, granada, âmbar, rubi, citrino, granada, topázio, quartzo dourado, quartzo branco, ametista.
Virgem: ágata, jaspe, turquesa, citrino, amazonita, hematita, quartzo azul, quartzo fumê, aventurina, quartzo branco, ametista.
Libra: quartzo cristal, quartzo fumê, esmeralda, água marinha, pedra da lua, opala, lápis azuli, quartzo branco, ametista, citrino
Escorpião: jaspe, citrino, aquamarina, esmeralda, granada, turmalina verde, obsidiana, quartzo branco, ametista, ágata de fogo.
Sagitário: topázio, quartzo cristal, olho de tigre, sodalita, lápis azuli, quartzo azul, quartzo fumê, quartzo branco, jaspe.
Capricórnio: quartzo fumê, ônix, ágata, turmalina verde, turquesa, quartzo verde, quartzo branco, ametista.
Aquário: aquamarina, quartzo cristal, safira, opala, granada, lápis azuli, turquesa, quartzo rosa, quartzo branco, ametista, sodalita.
Peixes: ametista, quartzo cristal, jade, fluorita, turmalina verde, pedra da lua, opala, ônix, quartzo branco.

CARREGAR E ATIVAR CRISTAIS  

 

Após a limpeza dos cristais, deve-se carregar a estrutura molecular com energia positiva, além de ativá-los.

Ao carregar um cristal, estamos fazendo crescer a energia, tal como fazemos quando carregamos uma bateria.

O processo de ativação visa a catalisar áreas dormentes do espírito energético do cristal. Este procedimento é importante, pois, na maioria dos cristais, o potencial energético não está totalmente desenvolvido.

Para carregar e ativar os cristais, devemos então colocá-los (sobretudo o cristal branco) em ambiente que vai infundir-lhes uma freqüência energética primária.

 

 Técnicas para carregar e ativar cristais

 

1. A técnica mais freqüente é a de colocar o cristal dentro da água, fora de casa, em contato direto com a luz solar e/ou da lua (quarto crescente ou lua cheia), por 24 a 48 horas.

2. Use uma pirâmide que tenha as mesmas proporções da pirâmide de Quéops (do Egito) e oriente-a no sentido Norte-Sul magnético. Coloque os cristais ao nível da câmara do rei ou da rainha, ou do vértice, dependendo da carga energética que se queira infundir. A câmara do rei é o ponto de mais alta intensidade energética da pirâmide.

Maiores detalhes sobre este assunto podem ser encontrados em qualquer manual de piramidologia.

3. Expor o cristal ao arco-íris.

4. Deixar os cristais num dos pontos de poder da natureza (powerspots). Consulte sobre o assunto o livro Power spots, de José A. Rosa e Nathaniel Altman.

5. Colocar um círculo de cristais ativados (de preferência, mas não necessariamente, do lado de fora da casa, em contato com os elementos da natureza), com o cristal a ser ativado no centro. Se forem usados cristais de uma ponta para esse fim, as pontas devem todas convergir para o cristal a ser ativado no centro.

6. Tempestades — expor os cristais a intensas tempestades, chuvas, ventanias, trovoadas etc. Esta técnica é mais para ativação do cristal.

 

 

Página principal